Notícias

Presidente Dilma Rousseff veta, parcialmente, o projeto de lei do Ato Médico

11.07.2013

Tantos meses de luta, manifestações e reuniões em Brasília e em várias cidades do Brasil tiveram sua recompensa nesta quinta-feira (11/07). A presidente Dilma Rousseff vetou parcialmente o projeto de lei do Ato Médico. Os vetos beneficiam os profissionais de Saúde que teriam suas autonomias limitadas caso o texto fosse aprovado. Entre eles, claro, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

A Comissão de Assuntos Parlamentares do COFFITO, por meio do CREFITO-1, parabeniza a presidente Dilma Rousseff pela corajosa e equilibrada decisão de vetar parcialmente o projeto de lei do Ato Médico.

O presidente do CREFITO-1, Dr. Silano Barros, participou ativamente das reuniões da CAP do COFFITO e destaca a importância da mudança de estratégia adotada desde o ano passado visando o veto presidencial aos artigos e parágrafos do PL que limitavam a atuação profissional de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

E neste dia o CREFITO-1 parabeniza os Conselhos Federais e Regionais que, direta ou indiretamente, trabalharam para conseguir esse resultado. E também, de forma mais que especial, todos os profissionais de Saúde que dedicaram parte de seu tempo e de suas energias visando essa conquista.

O VETO AO ATO MÉDICO É UMA VITÓRIA DE TODOS.

PARABÉNS.